Banner Topo 728×90 (#visitebc)
Banner Topo 728×90 (#visitebc)

Instagrando bem, para instagrar sempre

Instagrando bem, para instagrar sempre

Não há mais dúvidas que o Instagram, hoje, é para muitos segmentos do turismo, principalmente destinos, a melhor rede social para promoção. Como acontece com as demais mídias sociais -Facebook, Twitter e Youtube- exige estratégia, know how e muita criatividade. O Instagram depende de uma imagem bela, impactante e que sintetize a mensagem que a marca deseja passar.

Pesquisas do Forresster Research mostram que o engajamento do seguidor no Instagram é 58 vezes maior que o do Facebook e 120 vezes maior que o do Twitter. Para millennials e adolescentes, o Instagram é mais importante que o Facebook, e perde espaço, no último grupo, apenas para o Youtube.

As histórias, ainda bem recentes e pouco utilizadas pela imensa maioria dos usuários, também precisa de cuidados para atingir seus objetivos, que são fidelizar pessoas e gerar vendas. Abaixo alguns cuidados necessários:

  1. As mídias sociais são diferentes, mas a marca é uma só. Não precisa dizer que toda a comunicação -linguagem, identidade gráfica- precisa estar alinhada. Uma mídia complementa a outra e deve existir entre elas sinergia. Desse modo, o nome, a imagem do perfil e a biografia devem ser as mesmas. Isso é ser multiplataforma.
  2. Assim como no Facebook, o Instagram permite criar um perfil comercial com ferramentas próprias, inclusive promoções para expandir os negócios. Esses perfis comerciais são vinculados às páginas do Facebook.
  3. Fuja das empresas que prometem muitos seguidores. A maior parte deles são fantasmas- os fãs, não as empresas. Elas foram criadas para ajudar “influenciadores” a mostrarem audiência para os possíveis parceiros. É quase como comprar lista para e-mail marketing. A maior parte dos “seguidores” não tem nenhuma identificação com sua marca.
  4. Preste muita atenção no seu público. Crie um personagem que simbolize sua audiência. A partir daí, escolha os códigos certos para melhor se comunicar com ele.
  5. Crie um calendário de publicações, mas esteja aberto sempre a mudar, de acordo com as experiências anteriores. O sucesso das mídias sociais depende muito de testes, todo o tempo.
  6. Quando investir em campanhas com influenciadores, vasculhe todo o histórico online e off-line da “celebridade”. Tenha absoluta certeza que nenhuma mensagem dela depõe contra sua marca.
  7. Brinque sempre com simetria nas fotos, assim como luz e ângulos. Fuja dos filtros que dão a ideia de amadorismo.  Busque trabalhar, sempre que possível, com fotos profissionais.
  8. Hashtags são essenciais para audiência. Faça uma busca para ver quais são as mais utilizadas. A menos que você já seja uma grande marca, com grandes investimentos em publicidade, não use apenas hashtags próprias. Embora seja possível usar até 30 delas, esteticamente o post fica feio. Use até cinco. Uma saída é usar outras nos comentários. As legendas devem ser sucintas e também muito atraentes.
  9. Prefira contar histórias a encher a timeline dos seguidores com vendas diretas. Lembre-se da regra de ouro: 20% vendas e 80% conteúdo interessante para os leitores.
  10. Use os anúncios e analise os resultados. Análise de métricas é como respirar. #tagboard, iconosquare, curalate, simply measured e union metrics são excelentes ferramentas.
  11. Crie vídeos compartilháveis, ou seja, com uma sacada bacana e boa qualidade.
  12. Interaja com os seguidores. Preste atenção e responda aos comentários. Interaja também nas páginas de marcas correlatas (não concorrentes, obviamente) e influenciadores digitais que tenham não só relevância, mas algo a ver com os seus valores.

As mídias sociais exigem total atenção dos gestores de marcas. Hoje são as ferramentas mais importantes na construção de imagem e na gestão de relacionamento. Ainda que não sejam, na maior parte dos setores da economia, o maior canal de vendas, podem se tornar em alguns anos.

Se você ainda não tem gerentes seniores ou agências especializadas em trabalhar suas mídias sociais, é hora de parar e repensar. O futuro do seu negócio está sob risco.

 

Fonte: Brasilturis

Por: Larissa Coldibeli

Link para matéria: https://goo.gl/LQeT68

Posts Relacionados

Cadastre-se e receba informações por email

Fique informado sobre tudo que acontece em Balneário Camboriú

Você pode se descadastrar a qualquer momento.